Dieta dos sucos


Confira uma dieta líquida inspirada em "A Fantástica Dieta dos Sucos", de Amanda Cross, e prepare-se para emagrecer e diminuir as celulites! Com a ajuda da nutricionista Carolina Chuichmam, a revista VIVA! adaptou o plano alimentar proposto pela americana Amanda Cross, autora de "A Fantástica Dieta dos Sucos". Trata-se de um método desintoxicante feito com sucos refrescantes e que promete derreter até 3 kg em uma semana, amenizar a celulite e ainda turbinar a sua saúde! Por que funciona: O programa de baseia na ideia de que as toxinas (que surgem no organismo devido ao sedentarismo, à má alimentação, à poluição, etc) estão diretamente relacionadas ao ganho de peso. "Quando os sistemas responsáveis pela desintoxicação - pele, rins e fígado, por exemplo - ficam saturados, o processo de eliminação é prejudicado e o corpo passa a armazenar as toxinas nas células de gordura", diz Carolina.

O que esse plano alimentar faz por você

Desintoxica o organismo: A grande quantidade de água dos sucos auxilia os rins e o sistema linfático a expelirem as toxinas acumuladas. Além disso, ajuda a limpar o cólon do intestino, prevenindo a reabsorção das toxinas. Faz o corpo funcionar direito: Amanda Cross explica que o fígado, quando cheio de toxinas, não metaboliza bem as gorduras que ingerimos e as devolve na corrente sanguínea, com mais colesterol. Isso é ruim para a saúde e dificulta a perda de peso. Dá imunidade: Os sucos contêm minerais estimulantes do sistema imunológico (vitaminas A e C) e minerais que ajudam na absorção das vitaminas. Previne celulite: "Responsáveis pelo suporte e pela elasticidade dos tecidos e da pele, colágeno e elastina ficam menos potentes com a presença das toxinas. Resultado? 'Celulite'", explica Carolina. Os sucos desintoxicantes ajudam a prevenir isso. Absorve mais nutrientes: Ao bater o suco e coá-lo, parte das fibras da fruta é descartada. Mais pura, a bebida ajuda o corpo a absorver melhor poderosos nutrientes que emagrecem. Acelera o metabolismo: Com o organismo desintoxicado e órgãos trabalhando bem, o corpo funciona de maneira mais eficiente, melhorando o metabolismo e acelerando a perda de peso.
Cuidados necessários:
  • "Este programa só deve ser realizado por curto período de tempo", diz o nutrólogo Sérgio Pupin, não mais que sete dias;
  • Pode ter efeitos colaterais: dores de cabeça, mau hálito, diarreia ou prisão de ventre e variações de humor;
  • Para reduzir tais sintomas, uma semana antes de iniciar a dieta suspenda: café, chá, bebidas alcoólicas, farinhas brancas, açúcar refinado, sal, energéticos, sucos prontos e refrigerantes, doces, margarina com gordura trans, biscoitos doces, bolos, salgadinhos e amendoins salgados, frutas e vegetais enlatados, carnes processadas, cereais açucarados, sorvetes, massas não integrais, comidas industrializadas e comidas para viagem;
  • Consuma a maior parte das frutas e vegetais crus para garantir um bom nível de fitonutrientes e fibras;
  • Beba oito copos de água por dia.
Atenção: Quem não pode fazer: crianças, grávidas, lactantes, diabéticos, hipoglicêmicos, portadores de doença de Wilson, de síndrome do cólon irritável, soropositivos, pessoas em período pré ou póscirúrgico e quem tem mais de 65 anos.  

LEIA MAIS IMPRIMIR ou SALVAR COMPARTILHAR ou SALVAR SALVAR PDF