Faça Seu Próprio Óleo de Lavanda Em Casa!! Muito Fácil!!


O óleo essencial de lavanda possui propriedades relaxantes e calmantes. Para quem não sabe, este óleo é um dos mais usados, pois não provoca irritações na pele.Ele é muito utilizado na aromaterapia por não possuir contraindicações. Ele ainda é considerado um remédio natural, pois a lavanda ajuda a acalmar os nervos, com relaxamento dos músculos. Além disso, o óleo essencial de lavanda é um antidepressivo, facilitando o sono e tem ação antisséptica e antibacteriana e, ainda, ajuda no processo de digestão.

 Sua ação é considerada polivalente, pois ele abrange várias frentes. Veja Abaixo como fazer em casa seu próprio óleo de lavanda para curar desde dores até infecções.

Modo de Preparo

1. Corte brotos de lavanda fresca ou compre-os secos. Corte os galhos de lavanda junto com as flores, em segmentos de 15 centímetros ou maiores. As folhas e os novos galhos podem ser usados para infundir óleo, assim como as flores. Porém, os galhos grossos perto da base devem ser evitados. Você pode usar as flores mais cheirosas ou os botões. 

  • Você pode querer pegar mais lavanda do que achar necessário. Então, se o óleo criado não for forte o suficiente para seu gosto, não será preciso esperar para secar uma nova porção de lavanda.

 

2. Permita que a lavanda seque. Se você estiver usando lavanda fresca, seque-a primeiro para aumentar seu aroma e minimizar a chance de o óleo ficar rançoso. Amarre o broto com elásticos ou barbantes e pendure-o em um lugar seco e quente. Expô-lo à luz solar irá secar a lavanda mais agilmente, mas poderia destruir um pouco dos óleos aromáticos do mesmo. A lavanda fresca pode demorar duas semanas para se secar completamente. Alguns criadores de óleo secam a lavanda por apenas um ou três dias, até deixá-la enrugada, mas não “crocante”. Isso reduz a probabilidade de estragos, mas não a elimina.

 

3. Esmague suavemente a lavanda e coloque-a no pote. Despedace a lavanda usando mãos limpas, ou corte-a usando qualquer objeto pesado e limpo para expor sua fragrância. Se estiver usando botões, abra-os com uma faca ou com dedos. Coloque-as num pote limpo.

  • Lave suas mãos e o pote primeiro caso ambos estejam sujos. Seque muito bem antes de deixar que a lavanda entre em contato com qualquer um dos dois. A água interfere com a infusão. 

 

4. Despeje o óleo sobre as flores. Despeje qualquer óleo sem-aroma (ou com pouco aroma) no pote, cobrindo completamente a lavanda mais deixando 2.5 centímetros de espaço no topo para permitir a expansão. Óleo de amêndoas, azeite de oliva e óleo de açafrão são comumente usados com esse propósito, ainda que você possa desejar sentir o cheiro dos mesmos primeiro e evitar garrafas com odor forte, que poderiam minar o aroma da lavanda.

 

5. Deixe a lavanda descansando se você tiver tempo e luz do sol. Cubra bem o pote e deixe a mistura descansando em lugar ensolarado. É mais provável que demore 48 horas para que qualquer aroma notável apareça, e é típico que o óleo tenha de ser deixado sozinho por três ou seis semanas. Se você não tiver sol ou tempo para usar esse método, prossiga para o próximo passo.

 

6. Se você não tiver tempo ou luz solar, aqueça o óleo cuidadosamente. Uma alternativa mais rápida ao método do descanso no sol é aquecer o óleo e a lavanda em banho-maria ou panela elétrica por 2-5 horas, mantendo uma temperatura estável de 100-120°F (38-49°C). Isso é apenas recomendado se você tiver um termômetro de cozinha e uma fonte de calor baixo bem controlado. O calor excessivo pode afetar o aroma e a longevidade do óleo.

 

7. Coe o óleo. Deixe um pedaço de musselina ou de papel-queijeiro sobre uma tigela e despeje a mistura de óleo e ervas sobre o mesmo. Descarte as flores e outros pedaços de lavanda na compostagem ou no jardim.

 

8. Repita o processo se desejar fortalecer o óleo. O mesmo óleo pode ser recolocado no pote e receber um novo lote de lavanda seca. Como descrito acima, deixe o óleo num lugar ensolarado, ou aqueça-o em temperaturas baixas, para criar uma infusão mais forte. Isso pode ser repetido por até oito vezes se você quiser um óleo poderoso.

 

9. Adicione algumas gotas de Vitamina E (opcional). A Vitamina E pode ser adicionada ao final da infusão para aumentar a longevidade do óleo. Isso é recomendado caso você não tenha um lugar escuro e frio para guardar o óleo, ou se ele já for velho ou possuir validade curta. Misture algumas gotas de óleo de Vitamina E, ou abra uma cápsula contendo a Vitamina e despeje o conteúdo dela na mistura.

 

10. Guarde seu óleo numa garrafa ou num pote.Pegue a musselina e esprema o material para extrair o máximo de óleo que puder para uma tigela ou copo medida. Transfira isso para uma garrafa ou pote feito de vidro escuro ou plástico opaco para evitar a exposição exagerada à luz, que pode acabar com o aroma. A vida útil do óleo com infusão de lavanda depende do tipo e do frescor do óleo utilizado. Porém, ele tipicamente dura meses se for mantido em local seco e escuro.

LEIA MAIS IMPRIMIR ou SALVAR COMPARTILHAR ou SALVAR SALVAR PDF