Veja quais os sinais de que deve levar seu amigo peludo ao veterinário CONHEÇA 11 SINTOMAS QUE PODEM SALVAR A VIDA DO SEU CÃO!


1. PERDA DE PESO SEM EXPLICAÇÃO: A perda de peso do cão, sem motivo aparente, é sinal de que ele precisa fazer uma visita ao veterinário. Se seu pet emagreceu 1 ou 2 kg em um espaço de tempo razoável, provavelmente não há motivos para se preocupar. No entanto, se em algum ponto da vida ele perde 10% de seu peso normal de forma inesperada, pode haver um problema maior acontecendo com ele. Entre as causas que geram a perda de peso estão: falhas no metabolismo, doenças neuromusculares, câncer e problemas do coração. O emagrecimento repentino também pode indicar a perda de apetite pelo animal. 2. FEBRE: Se o seu cão tem febre alta, ou fica febril por muito tempo, é sinal de que algo sério está acontecendo em seu corpinho peludo. Se a febre atinge um pico rapidamente, por exemplo, seu cão pode estar lutando contra uma infecção. A temperatura normal dos cães é entre 38,5º e 39,5º.

Se o seu cãozinho está mais quente que o normal, leve-o ao veterinário. 3. DIFICULDADES AO FAZER O “NÚMERO 2″: Diarreia ou sangue nas fezes do cão são um claro indício de que algo não vai bem. A diarreia pode causar desidratação e até causar a morte de cães de pequeno porte. Sangue nas fezes pode ser indício de úlcera, parasitas, inflamações no cólon ou problemas na glândula anal. 4. TOSSE PERSISTENTE: Uma tosse persistente, seja em pessoas ou pets, nunca é algo normal. Os cães não sofrem de asma, então a tosse pode ser um sintoma de bronquite, pneumonia, problemas do coração ou até um colapso de traqueia, quando o enfraquecimento dos anéis cartilaginosos que formam a traqueia causam seu desabamento, obstruindo ou diminuindo o espaço da passagem de ar. O tratamento inclui a ingestão de anti-inflamatórios e cirurgia corretiva. 5. FADIGA OU DESMAIOS: Se teu cão aparenta estar muito cansado, ou sofre desmaios repentinos, é aconselhável levá-lo imediatamente ao veterinário.
Alguns cães, após sofrerem um colapso, recuperam-se rapidamente e aparentam voltar ao normal em poucos segundos, enquanto outros continuam na mesma posição até serem socorridos. Em ambos os casos, as causas devem ser investigadas. Se o cachorro aparenta estar anormalmente cansado, uma visita ao veterinário pode ser crucial para determinar a causa, que pode incluir câncer, problemas nos rins e pancreatite. 6. BARRIGA INCHADA: Muitas das causas para o abdômen distendido podem ser fatais. Se notar que o estômago de seu cão está inchado, leve-o ao veterinário. O inchaço pode ser causado por alguma doença hormonal ou ele pode estar sangrando internamente. Além disso, o inchaço em si pode comprimir o peito do animal, tornando sua respiração difícil. 7. DIFICULDADE AO FAZER XIXI: Há muitas causas que podem ser responsáveis pela dificuldade do cão em urinar. Se for macho, por exemplo, ele pode estar sofrendo com pedras na bexiga ou outras obstruções.
Outro aspecto
a se observar é se há presença de sangue na urina, que pode ser indício de pedras, câncer ou uma infecção. 8. DIFICULDADE PARA RESPIRAR: Assim como nos seres humanos, a dificuldade para respirar é um sintoma que requer atenção imediata. Se teu cão está mais ofegante que o normal, se ele cansa mais rapidamente ou começa a emitir ruídos ao respirar, o veterinário deve ser acionado. A dificuldade na respiração pode ser causada por problemas cardíacos ou pulmonares, infecções e obstruções, e pode levar à falta de oxigenação dos órgãos e tecidos do animal, causando insuficiência cardíaca. 9. OLHOS VERMELHOS: A vermelhidão nos olhos do cachorro pode sinalizar problemas muito maiores. Se a área branca dos olhos estiver vermelha-viva, é sinal de inflamação ou infecção. Outra possibilidade é o desenvolvimento de glaucoma ou transtornos na órbita do olho. Como algumas doenças podem levar à cegueira, qualquer mudança deve ser investigada. 10. INQUIETAÇÃO: Um cachorro que não para quieto pode estar tentando dizer ao dono que está com problemas. Se seu cão está manhoso, muito assustado, anda de um lado para o outro constantemente ou treme, fique de olho. Embora a inquietação em si não seja causada por doenças, ela é a maneira que o cão usa para dizer que não está se sentindo normal, e que está ansioso por alguma dor ou desconforto que está sentindo. Uma visita ao veterinário fará bem. 11. VÔMITOS: Quem tem cachorro já deve estar acostumado aos vômitos, pois eles acontecem com os cães de vez em quando, e é normal. Agora, se o ato de vomitar se tornar frequente, tipo três ou mais vezes ao dia, por exemplo, é hora de ir ao veterinário. O sintoma pode indicar obstrução intestinal, infecção, pancreatite, doenças no fígado ou nos rins, desequilíbrio hormonal ou algo pior.
De qualquer maneira, é importante estar sempre atento ao seu cãozinho, pois a saúde dele depende de você.

LEIA MAIS IMPRIMIR ou SALVAR COMPARTILHAR ou SALVAR SALVAR PDF